Medindo a permissividade de uma placa de fibra FR-4

   Outro dia eu precisei de saber o valor da permissividade de uma placa de fibra de vidro FR-4, para calcular os parâmetros de uma microstrip (ou microlinha de fita).
   Procurando a permissividade na internet, encontrei vários valores,  desde 4,2 até 4.7, como o erro poderia ser grande ao se adotar qualquer valor extremo, pedi para o Matheus um retalho de placa para que eu pudesse fazer uma estimativa melhor do valor.
    Após calcular a área da placa (7644mm²) e obter a espessura da placa (1,6mm), e um valor de permissividade dentro da faixa, vi que usando a placa como capacitor de placas planas, seria possível usar um LM555 como oscilador e, a frequência ficava inferior à máxima, dados os resistores de 1% que eu tinha no momento (2x10,5k).

   Montei então o circuito a seguir:


   Com RA e RB de 10,5k e o C como o capacitor feito com a placa, veja a foto:


   Usando a fórmula do astável com LM555:
f=1,44/[(RA+2RB)*C)] , a fórmula do capacitor, obtendo 181pF e a permissividade no vácuo:
   
= 8.854pF/m


 Além das constantes, obtive a permissividade relativa (à do vácuo) de 4,3, valor bem próximo do mínimo que encontrei.
     Por enquanto é só, de qualquer forma fica aí a dica para quem precisa encontrar a permissividade para sua marca de placas.

     Comente! :)

1 comentários:

Voyage disse...

Cara, eu já precisei saber este fator uma vez e tive que comprar uma placa com valor conhecido. O problema é que pra isso você tem que comprar uma chapa inteira pra usar só um pedaço. Seu método teria me economizado um dinheirinho...

Postar um comentário