E agora? Preciso gravar um 8051

  Se estiver desenvolvendo, um dos primeiros microcontroladores (uc pra ficar mais fácil escrever) a ser encontrados nas "lujinhas" do .br são os Atmel, principalmente AT89s51,s52,s8252,c51,c52,c2051, c4051. Se olhar melhor, vai ver que os 51 e 52 são extremamente baratos para um microcontrolador com 4 portas de 8 bits, estando entre 2 e 3 reais um AT89s52 com 8kB de flash.

  A questão é como gravar a flash, já que suponho que você já leu o datasheet da intel sobre a cpu e o da atmel sobre todos os periféricos, abaixo indico uma boa leitura:

  Atmel C51 Hardware Manual

  Esse pdf é imprescindível, além disso você já conhece os compiladores em ASM, em C e tudo mais, observe que dentre os acháveis aqui na terrinha, somente os S têm ISP, logo alguém já deve ter feito algum hardware bastante simples (porta paralela) e até um programinha pra gravar essa flash.

   E tem muitos programas assim, o que eu dou como exemplo é o que uso aqui atualmente, um programinha bastante flexível a nível de hardware, o:

   ISP programmer

   O que é legal desse programa, além do fato de gravar AVR e 8051 é que ele pode funcionar com muitos modelos de cabos ISP, até com o Xilinx DLC5, que uso aqui, e por incrível que pareça você pode ir no "custom pinout" e fazer o seu próprio cabo!

    Esse programa é legal, mas para o caso específico dos AVR's eu prefiro o AVRDUDE, já que ele rodando na shell do Linux ou no prompt do windows eu faço um arquivo .bat, por exemplo e assim programo, verifico, troco fuses sem me preocupar em ficar clicando pra lá e pra cá.

    Enfim, 8051 é uma arquitetura muito legal, criada pela Intel no começo da década de 80, hoje é licensiada pra zilhões de fabricantes, que melhoraram a arquitetura, como o caso da Atmel e outros, que conseguem vender o uc a um preço muito baixo comparado com o lixo dos pic16f877, que não tem instrução de multiplicação, stack tosco, um único acumulador que funciona como tal, virou moda, zilhões de problemas e custam caro.

     Bom, mas isso é questão pra outro post, mas diga-se de passagem que o primeiro microcontrolador que eu trabalhei foi um 8051 em meados de 2000, e era um AT89s51.

     Até a próxima, comentem! :)

1 comentários:

jefferson.pimenta disse...

Olá, sou o jeff_pimenta do Robocore. Também uso o 8051, mas estou com dificuldades em encontrar um gravador USB, além de gravar o 8051 precisa gravar também o atmega169. Abraços.

Postar um comentário